Endodontia

Dentro do dente como em outras partes do corpo passam nervos, artérias e veias, quando há algum problema com esse tecido chamado de polpa o mesmo deve ser removido. Só a remoção dos tecidos não basta, o canal (conduto por onde passam) devem ser limpos e ampliados de forma que possam ser preenchidos com um material biocompatível (que não dê reação com organismo) para que a o dente possa ser preservado. Os motivos que levam a necessidade do tratamento de canal são muitos, os mais freqüentes são:

• Pulpite (inflamação da polpa)
• Necrose (morte do tecido pulpar e conseqüente apodrecimento)
• Trauma (pancadas fraturas)
• Indicação protética (necessidade de colocação de próteses)
• Cárie profunda
• Reabsorção dental (o dente é desgastado pelo próprio organismo)

Muitas vezes o tratamento de canal pode ser realizado em apenas uma sessão e de forma indolor dependendo da ausência de processo infeccioso que, quando presente, deve ser controlado antes da obturação do canal.

• Retratamento
• Cirurgia paraendôdontica
• Trauma dental
• Reimplantes
• Remoção de pinos intrarradiculares

©2016 Odontologia Integrada - Todos os direitos reservados